To Kill a Mockingbird

rooftop-to-kill-a-mockingbird

No final dos anos 50, Nelle Harper recebeu um presente de natal inesperado. Era um cheque no valor de um ano de trabalho, com um bilhete simples: “Você tem um ano de folga, escreva sobre o que quiser”

Depois de largar a faculdade de direito, para a tristeza do seu pai, ela virou balconista de uma cia aérea, e escrevia nas horas vagas. Jamais tinha escrito nada que fosse relevante. Até que no seu ano de folga criou a obra “To Kill a Mockingbirg” (O Sol é Para Todos, no Brasil). Dois anos depois recebeu um Pulitzer, vendeu 30 milhões de cópias e teve seu livro listado como um dos melhores romances do século.

Por: Slonik RafaelEm: agosto 22, 2013 | Em Cultura Pop  |
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *